A principal revista eletrônica de Arquitetura Paisagísticado Brasil !

Sustentabilidade em Casa Cor


  Confira algumas dicas sobre como economizar água e energia, escolher produtos sustentáveis e também como ter ambientes mais saudáveis.

Produtos Sustentáveis

Casa_Cor_sustentabilidade_5

- A primeira preocupação deve ser evitar o desperdício, utilizando a menor quantidade de material possível durante o processo, empregando os materiais de forma correta e eficiente, com mão de obra qualificada e treinada.

- Procure utilizar materiais de reuso, muitos produtos duráveis, como portas, cabinetes e alguns vidros e metais de arquitetura podem ser recuperados para reutilização.

- Aço, aço inoxidável, alumínio e latão são altamente recicláveis, porém para serem fabricados demandam intensa energia. Assim, sempre que possível, deve-se buscar alternativas, como a madeira.

- Ao comprar pisos, tintas, metais sanitários prefira produtos com o Selo SustentaX, que garante a qualidade e a sustentabilidade dos produtos.

- Sempre que for comprar materiais plásticos, opte pelos com conteúdo reciclado (e que atendam às características de desempenho requeridas) e que sejam recicláveis. Já existem também opções feitas com fontes renováveis, como a cana-de-açúcar.

- Procure utilizar cerâmicas manufaturadas localmente ou regionalmente para redução dos impactos com custos de transportes e também para favorecer o desenvolvimento regional.

- Ao comprar gesso, questione o fornecedor sobre a reciclabilidade para evitar que os resíduos sejam levados aos aterros.

- De maneira geral, ao comprar produtos, verifique a sua origem e, sempre que julgar conveniente, opte pelos extraídos e manufaturados  na sua região. Esta prática estimula o desenvolvimento regional, combate pobreza, fome e violência e evita longos deslocamentos de transporte, economizando combustível, diminuindo a poluição e desgastando menos as rodovias.

- Prefira produtos que possuam conteúdo reciclado em sua composição, podendo ser pré-consumo (resíduos do processo de fabricação no produto) ou pós-consumo (resíduos de outras empresas ou de outros locais, como sucatas pós-utilização).

- Ao comprar acessórios, acabamentos ou mesmo mobiliário de madeira, confirme a sua origem legal e a responsabilidade do fabricante através dos selos FSC (Forest Stewardship Council) ou CEFLOR. Dê preferência para espécies com o ciclo de renovação inferior a 10 anos (algodão, bambu, chapa de semente de girassol, eucalipto, juta…).

Medidas eficazes para redução de gastos com energia:

Casa_Cor_sustentabilidade_4

- A eficiência energética constitui uma parte fundamental e imprescindível da sustentabilidade dos espaços, com resultados observáveis tanto em termos de impactos ambientais, quanto em termos econômicos. A demanda de energia pode ser reduzida consideravelmente em função da arquitetura e de construções adequadas – construção voltada para a insolação mais adequada e uso de dispositivos de sombreamento das fachadas, ventilação cruzada, espelho d’água, iluminação natural, entre outros.

- Ao projetar um imóvel, verifique o posicionamento correto do imóvel para aproveitamento racional da iluminação e ventilação naturais.

- Utilize telhado verde ou tinta branca de alta refletância, para reduzir o efeito da insolação.

- Busque pinturas de cores claras nas fachadas para reduzir a absorção de calor pela estrutura.

- Para economia de energia, os painéis solares são opções eficientes para aquecer a água.

- Use sensores de presença para acionamento das lâmpadas de áreas comuns internas e garagens.

- Use sensores de luminosidade para ligar e desligar as lâmpadas das áreas externas (estacionamentos, jardins…)

- Procure sempre por motores elétricos eficientes para bombas e elevadores

- Ao adquirir novos eletrodomésticos ou eletroeletrônicos, prefira os equipamentos eficientes no consumo de energia, com o Selo Procel nível A.

- Ao comprar lâmpadas, é importante verificar:

1. Se possuem o Selo Procel de eficiência energética

2. Se possuem baixo teor de mercúrio e possuem instruções sobre o que fazer em caso de acidente

3. Que tenham logística reversa garantida pelo fabricante.

  Evite comprar apenas pelo menor preço que aparece na prateleira. Procure no rótulo a vida útil, em horas, estimada pelo fabricante e calcule o custo por 1.000 horas de funcionamento. Outra alternativa, é avaliar o emprego de lâmpadas LED, mais eficientes energicamente, com maior vida útil. Da mesma forma, compare utilizando como referencial o valor do custo por 1.000 horas de funcionamento. Medidas eficazes para melhorar a qualidade e tornar os ambientes mais saudáveis

- Para melhorar a qualidade do ar, use barreiras de contenção de poeira em todas as entradas para reter a poeira (75% da poeira entra pela sola dos sapatos!). O ideal seria criarmos o hábito oriental de tirar os sapatos para entrar dentro de casa, por exemplo.

- Atenção especial para os deixar os locais de armazenamento de alimentos separados dos produtos de limpeza;

- Ao adquirir adesivos, selantes e tintas, prefiram os que emitam baixos índices de compostos orgânicos voláteis (COV´s), substâncias maléficas à saúde que podem causar danos à saúde agudos e crônicos. Uma dica é procurar por produtos com

- Para diminuir a incidência direta de luz solar, sempre que necessário utilize dispositivos como toldos, brises, vidros especiais ou películas.

Medidas eficazes para redução de gastos com água:

Casa_Cor_sustentabilidade_1

- No paisagismo, prefira espécies locais de baixo consumo de água.

- Sempre que possível, utilize a captação de chuva para limpeza de áreas comuns do prédio, descarga e irrigação.

- É recomendável o reuso da água da máquina de lavar, filtrada, para limpeza de piso e carros (em casas).

- Ao adquirir metais sanitários, prefira descargas de duplo fluxo (sólidos e líquidos) e torneiras com temporizadores.

- Uma opção para economia de água é a utilização de aeradores nas torneiras e chuveiros.

Imagens: divulgação

*Com informações do Grupo Sustentax www.gruposustentax.com.br


Publicidade