A principal revista eletrônica de Arquitetura Paisagísticado Brasil !

Alphaville SP: um bairro com vocação para o Paisagismo


         Obras_Alphaville_2_2       Obras_Alphaville_2_1    

  O bairro tem uma vocação paisagística muito grande, uma área interessante e ao mesmo tempo muito bonita. Percebo que ainda falta às pessoas entenderem e compreenderem como que o paisagismo pode continuar preservando esta tão sonhada qualidade de vida que elas desejam. Aí volta aquela visão que nós temos do paisagismo: que não é quantidade de metros quadrados que você constrói, não é assim que é medido a qualidade dentro de um projeto de paisagismo e sim como você aproveita e como você usa verdadeiramente esses espaços.

Prdios_Alphaville

Projetos residenciais e corporativos

Canteiro_Alphaville_3  Acredito que as empresas precisam possibilitar alguma contribuição para a sociedade, indireta ou diretamente, por isso, acho interessante viabilizar, através dos projetos de paisagismo, essa ideia de contribuição para que seja priorizado, por exemplo, uma fachada bem interativa, uma passagem onde o público circulante possa ter um aproveitamento dessa área construída, desse jardim, para que dessa forma possamos ter a mesma visão que nós temos de países como o Japão. Lá, os jardins privados, na verdade, são usados como público, já que na frente do seu prédio ou do seu escritório, você não o tranca, fazendo com que as pessoas participem disso também. Alphaville tem potencial para isso, porque aqui é um lugar tranquilo, seguro, onde não existe vandalismo, enfim, por isso, acredito que seria possível trazer e implantar esse mesmo conceito aqui. Devemos privilegiar cada vez mais o uso de calçadas permeáveis, para que possamos contribuir com a absorção de água de chuva, o que pode, inclusive, auxiliar na questão dos alagamentos.

  Os empreendimentos aqui de Alphaville, em sua maioria, estão sendo feitos em altíssimo padrão e o paisagismo vem para emoldurar tudo isso e para que não deixe se perder essa qualidade de vida que fez com que o bairro se tornasse um sonho real de consumo para as pessoas. O paisagismo, tem o cuidado de fazer todo o estudo das áreas entre uma construção e outra, conhecidas por áreas livres, cada vez mais escassas e com menos áreas existentes. Infelizmente, muitas construtoras e incorporadoras que atuam aqui em Alphaville acabam deixando o desenvolvimento do projeto de paisagismo somente para o final da obra, o que acaba limitando o trabalho dos profissionais. Sem dúvida alguma, o correto seria o paisagismo caminhar junto com a arquitetura, auxiliando até mesmo na locação do prédio, dentro do terreno, priorizando a arquitetura da paisagem.

Projeto_-_Tambor_10

  Já nos projetos residenciais é interessante criar meios para garantir a privacidade dentro dos imóveis, porque, parece que não, mas dentro das residências, as casas são colocadas como um elemento, mas vejo que há muito pouco estudo do terreno, do local, fazendo com que as pessoas possam vir a ter problemas de privacidade, de sua casa estar muito próxima à casa do vizinho, ou aquele vidro maravilhoso, que acaba deixando o ambiente muito exposto. Por isso, os profissionais de paisagismo devem auxiliar os seus clientes, porque quando elas se mudam para a casa, é que começam a perceber essas pequenas “brechas” da construção e da arquitetura. Através do paisagismo, é possível fazer uma análise dos possíveis problemas que as pessoas têm ou poderão ter, o que ela precisa “esconder” e o que ela precisa contemplar. Ninguém gosta e tampouco deve usufruir de uma piscina que esteja localizada em frente a uma parede enorme. O paisagismo, dentro das residências, tem a finalidade de educar, alertar e acima de tudo promover e levar qualidade de vida às pessoas. Depois da construção, vem à mudança, mas e agora, como é que vai ser a sua vida dentro de sua casa? O paisagista tem o objetivo de cuidar desses detalhes e mostrar as pessoas, as possíveis surpresas que elas irão ter no uso de sua residência.

Clima Alphaville

alphavillle_residencial_11  Na medida do possível, Alphaville conta com um clima tropical bastante tranquilo, mesmo com uma pequena oscilação, que ocorre, durante o inverno nas Terras Altas, no Tamboré e às vezes em Aldeia da Serra, bairros próximos daqui. Com relação ao clima da região, não há muito segredo, mesmo no inverno, sendo um pouco mais frio que São Paulo. O que nós temos de vantagem por aqui é que não possuímos muita praga urbana ainda, então, existem certos cuidados que temos que tomar em cada estação. No inverno, assim como no início da primavera é importante fazer a cobertura de grama, as podas nas plantas e a adubação do solo.

  Por falar em adubação, Alphaville conta com um solo muito bom, fazendo com que as plantas tenham facilidade em seu desenvolvimento. Os problemas aqui são praticamente zero nessa questão de plantio. Embora muitos condomínios tenham retirado toda a camada boa do solo e terem substituído por caibro (terra vermelha). Essa questão acaba sendo facilmente solucionada na implantação do projeto, sendo possível fazer o tratamento pontual da cova, da árvore, ou planta em específico que está sendo plantada, finalizando em seguida, com uma adubação normal. Já na hora de escolher as espécies, sempre utilizo as plantas adaptáveis ao clima daqui, que vai de ameno a temperado. 

Principais espécies utilizadas

Residencial_Alphaville_11  O pedido unânime feito pelos clientes de Alphaville: jardim que exija o mínimo de manutenção. Existe uma infinidade de espécies, que possibilitam uma “brincadeira” na hora de escolher as espécies, pois há muitas opções. O que as pessoas pedem e o que eu indico e o que eu priorizo, são aquelas plantas onde após algum tempo elas consigam ter uma vida um pouco mais independente das pessoas, mesmo ficando um período sem a rega e sem poda, ele vai continuar sobrevivendo e florescendo. Tenho usado cada vez mais espécies rústicas e mais resistentes, a não ser naqueles casos específicos onde à pessoa cuida e gosta de ter isso como hobby. Quando se trata de um hobby, é interessante idealizar uma horta, um orquidário, criando uma situação para que a pessoa dê continuidade naquilo que gosta de fazer. Caso o projeto seja mais contemplativo, para usar como lazer, deve-se priorizar a utilização de espécies resistentes. Com relação às plantas, sem dúvida as nativas, contam com melhor adaptação e, por isso, é importante utilizar espécies exóticas, para que o jardim não se torne algo monótono.  

  As palmeiras fazem muito sucesso nos projetos paisagísticos aqui de Alphaville, devido a sua fácil adaptação. É uma planta que não conta com raízes agressivas, folhas que caem e o sombreamento é menor, portanto, em áreas de piscina elas vão sempre super bem, na fachada também não levantam as calçadas. A palmeira é sempre uma escolha assertiva. Entre as palmeiras, atualmente nós temos a que é top de uso, chamada Canariense, que é muito nobre e que faz parte dos registros mais antigos de vegetação que nós temos é dessa palmeira, proveniente das Canárias. A palmeira conta com copa e estirpe muito bonita e que vai muito bem em grande áreas. Outra vedete de palmeira também que nunca sai de moda e que todo mundo pede e continua linda, em alta e por mais que seja usual é a palmeira imperial, devido a sua imponência e referencia histórica.

kinkan  As árvores frutíferas também estão em alta. A jabuticabeira tem sido muito procurada, principalmente a Sabará que tem uma fruta bem docinha. Outra frutífera que todo mundo gosta, por ser pequenininha, que cabe até mesmo em um vaso, em um cantinho, é a laranjinha-kinkan. Já nos projetos corporativos, as plantas que estão sendo muito utilizadas, são os pândanos, bem grande e de várias cabeças.

Jabuticaba

  Os jardins verticais também estão ganhando destaque devido aos pequenos espaços e também se percebeu que eles possibilitam uma solução eco eficiente pois permite a utilização do sistema de irrigação automatizado, num processo simples. Na parte de flores, a orquídea continua sempre em alta também e as variadas forrações.

Jardim_vertical_-_Casa_Cor_2011

Alphaville, um bairro metrópole

  Volto a dizer que o bairro tem grande potencial para o paisagismo, mas ainda falta avançar um pouco e as pessoas compreenderem o que é o paisagismo e quais são os benefícios que ele pode trazer, que com certeza pode oferecer a real melhoria da qualidade de vida, seja na integração e na educação, principalmente das crianças, referente à conscientização ambiental. Entre os benefícios: são as construções mais verdes, mais sustentáveis, com mais áreas permeáveis, além de ajudar a manter a temperatura um pouco mais amena. A captação d’água da chuva, também pode ser feita através de recursos paisagísticos, sem a utilização cisternas convencionais, como é o caso do Tec Garden, desenvolvido pelo Arquiteto Paisagista Benedito Abbud, sistema de jardins sobre laje, que possibilita o armazenamento da agua de chuva em baixo do jardim. Todos esses conceitos, podem ser considerados “pensamentos verdes” e precisam estar cada vez mais presentes em nossas vidas.

Alphaville_paisagem

    Eu diria que o melhor de Alphaville fica por conta da beleza natural da região e ainda os muitos espaços livres que nós temos. Se tivermos alamedas e calçadas arborizadas para passear, vamos deixar cada vez mais o carro na garagem, porque vamos nos sentir atraídos em fazer passeios a pé. Então, o paisagismo acaba envolvendo tudo isso, se está bonito, se está agradável, vou querer sair e caminhar, se tem uma sombra por onde eu vou passar, uma copa de árvore e eu sei que ao meio dia se eu sair não vou tomar Sol, também já é um estímulo a mais. Para quem já está aqui há muitos anos, pode parecer pouco o espaço disponível, mas em comparação com outros locais desenvolvidos, ainda assim temos muitas áreas livres, ou seja, dá tempo de nos salvarmos, já que o bairro tem vocação para ser cada vez mais completo, em todos os sentidos.

Imagens: arquivo pessoal

www.studiomaripolesi.com.br


Publicidade