A principal revista eletrônica de Arquitetura Paisagísticado Brasil !

Gilberto Elkis - Paisagista

Ao pensar na harmonia entre o espaço a ser projetado e o desejo de seu cliente, Gilberto Elkis imprime sempre sua marca – a versatilidade. “O meu estilo, é na realidade uma mistura de diversas escolas em que me inspiro - a francesa, a inglesa, a japonesa, a italiana”, diz o paisagista. Em seus projetos é possível identificar a busca pela liberdade natural do jardim, em que plantas adquirem volumes e formas diversas espontaneamente, ao mesmo tempo em que também se percebe a simetria e as características geométricas que Andre Le Nôtre utilizou nos jardins de Vaux-le-Vicomte.

jardim-gilberto-elkis

pergolado-gilberto-elkis

O resultado é uma bela síntese de estilo e a tradução do que o paisagista já viveu e experimentou ao longo de seus 21 anos de carreira. Olhar um jardim seu é como dar uma espiada na sua coleção de tecidos e retalhos comprados em inúmeros países que já visitou. Um coletivo de referências agrupadas num “patchwork natural” que revela uma só essência.

O conhecimento técnico de desenho, botânica e agronomia se complementa a uma de suas qualidades mais aguçadas: a capacidade ímpar de observação. Cada projeto é um estudo das condições do local, do gosto particular de quem o contrata e, uma vez definido o rumo a ser seguido, a preocupação com os detalhes na execução e manutenção daquele espaço que sua mente criou. Isso também é um ponto fora da curva em seu ramo de expertise.

escritrio-gilberto-elkis

 

 

Para Gilberto Elkis o paisagismo é mais que profissão, é um dom complexo, que envolve sensações espaciais.

É uma arte sinestésica que mexe com os cinco sentidos. Não é como a pintura, que é fundamentalmente visual. Estimula além da visão, o olfato quando se sente o cheiro da grama, o tato ao pisar a terra, a audição, quando chegam os passarinhos atraídos pelos diferentes tipos de plantas, e até mesmo o paladar" ...

... comenta o paisagista.

 

 

 

Um elemento-chave no trabalho de Elkis é, sem dúvida, a água. “Porque a água purifica, limpa, dá tranquilidade e frescor. Depois de um dia cheio qual é a vontade natural de todos ao chegar em casa? Tomar banho. Um jardim é sempre um espaço vivo, em constante renovação como a água”, acrescenta.

cobertura-gilberto-elkis

Gilberto Elkis acredita que hoje o paisagismo é uma necessidade do homem contemporâneo. “Todo grande projeto tem um pensamento, um conceito paisagístico por trás que vai defini-lo. A natureza é sem dúvida um antídoto para o stress da cidade grande”, finaliza o paisagista Gilberto Elkis.

Por: Mariana Amaral - Assessoria de Comunicação.


Publicidade

Revista Paisagismo em Fogo © 2020. Todos direitos reservados. Por Go Up Publicidade