Primavere-se

Primavere-se


marcelo faisal 1

As temperaturas ainda são amenas, as chuvas são equilibradas e o bom humor da estação é latente. É o desabrochar, o desenvolver e o renascer.

Isso tudo culminando para o final de um ano que carrega muita expectativa.

[carousel style="3" source="media: images/colunistas/marcelo_faisal/marcelo_faisal_2.jpg,images/colunistas/marcelo_faisal/marcelo_faisal_3.jpg,images/colunistas/marcelo_faisal/marcelo_faisal_4.jpg" items="3" arrows="yes" autoplay="no"]

Traduzindo isso para os nossos jardins, é também, o período em que estes se revelam e se despertam para nossos olhares. O espirito da primavera é claro e latente com os cuidados e as atenções para nossos jardins. Saímos de um período de dormência, frio e seco, para um período de temperaturas e elevações de chuvas que nos surpreendem e nos tornam mais suscetíveis e sensíveis.

Portanto, primavere-se e prepare-se para nossa verdadeira estação de amor, perfume e paixão.

Marcelo Faisal

www.marcelofaisal.com.br

 

 

 

A simbologia da primavera está muito além dos jardins, é o período do renascimento e do despertar. Assim como as espécies vegetais se despertam, os homens e os animais também.   A Primavera, mais do que tudo, é apaixonante, uma estação das mais felizes e floridas.

As temperaturas ainda são amenas, as chuvas são equilibradas e o bom humor da estação é latente. É o desabrochar, o desenvolver e o renascer.

Isso tudo culminando para o final de um ano que carrega muita expectativa.

Traduzindo isso para os nossos jardins, é também, o período em que estes se revelam e se despertam para nossos olhares. O espirito da primavera é claro e latente com os cuidados e as atenções para nossos jardins. Saímos de um período de dormência, frio e seco, para um período de temperaturas e elevações de chuvas que nos surpreendem e nos tornam mais suscetíveis e sensíveis.

Portanto, primavere-se e prepare-se para nossa verdadeira estação de amor, perfume e paixão.


Publicidade