A principal revista eletrônica de Arquitetura Paisagística do Brasil !

Marcos Malamut lança seu livro: Paisagismo, projetando espaços livres


Trabalhando no mercado de paisagismo há cerca de 15 anos, Malamut diz que sempre considerou a falta de oportunidades de qualificação como limitadora do potencial de atuação dos profissionais da área. "Entendo que ao profissional de paisagismo competem mais atividades que a de simplesmente especificar plantas", comenta. "O planejamento adequado dos espaços externos favorece seu uso e apropriação pelos usuários, em áreas públicas ou privadas. Quando entendemos como nos relacionamos com eles, podemos planejá-los de maneira melhor" completa. Assim, propõe o paisagismo como ferramenta para a construção de espaços para pessoas e fator de qualidade de vida nas cidades.

Marcos_Malamut_-_livro_paisagismo_projetando_paisagens2 

Motivado por essa inquietação, há vários anos o arquiteto ministra cursos e palestras na área, de forma a complementar a formação de estudantes e profissionais de paisagismo e de profissões relacionadas, como arquitetura e design de interiores. Fruto desta experiência didática, o livro apresenta conceitos importantes em linguagem simples, traduzindo as informações de forma a que possam ser compreendidas mesmo pelos que não tem experiência na área. Sem procurar impor regras ou fórmulas prontas, convida à reflexão e apresenta as bases do trabalho com os espaços livres, proporcionando ao leitor uma visão abrangente do assunto.

 

Marcos_Malamut_-_livro_paisagismo_projetando_paisagens3

Resenha:

PAISAGISMO - projetando espaços livres apresenta uma visão que transcende o papel meramente ornamental do paisagismo, que passa a ser definido como uma atividade tanto de planejamento quanto de projeto, atuando sobre um principal objeto de trabalho: o espaço. Compreender como percebemos e nos relacionamos com o espaço físico é a base para intervir sobre as relações espaciais pré-existentes, que são reconfiguradas, revistas e adaptadas em diferentes projetos paisagísticos.

As plantas são a superfície visível de muitos projetos, mas não necessariamente seu aspecto mais importante. E certamente não são o elemento estruturante do pensamento, aquele que guiará as decisões principais e definirá o conceito da proposta. Assim, o objetivo deste livro é apresentar as bases de um projeto – muitas vezes não conscientemente visíveis pelos usuários, – mas que interferem na maneira com que percebem e fazem uso do espaço útil. Analogamente às fundações de um edifício que, subterrâneas, sustentam tudo o que se vê.

Onde encontrar o seu:

Título: Paisagismo: projetando espaços livres

Autor: Marcos Malamut - Arquiteto e Paisagista

Dimensões: 16 x 22 cm - 124 páginas - ilustrado

Lançamento - 31/10 - 19 horas - 10ª Bienal do Livro da Bahia

Site: www.proflora.com.br

 

Foto: Carol Bassuma


Publicidade