A principal revista eletrônica de Arquitetura Paisagísticado Brasil !

Confira as novidades e perspectivas de mercado sob a ótica dos nossos colunistas

Benedito Abbud

Colunista_Benedito_Abbud

  Em 2011, acredito que ocorreu um aumento significativo na procura por projetos em escala urbana. O mercado de paisagismo atuava pouco nesta questão dos parques lineares e aos poucos, está aumentando a procura, principalmente nas questões que dizem respeito ao planejamento urbano.

 Esses eventos são de extrema importância e falar de paisagismo é sempre muito positivo. Nesses eventos, as pessoas têm a oportunidade de conhecer as soluções importantes e novidades.

  Com relação às conquistas, não poderia deixar de mencionar que o nosso escritório de arquitetura paisagística foi pela quinta vez eleito pelo Top of Mind, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha junto a arquitetos e designers de interiores, como o melhor escritório de arquitetura paisagística do país.

  Os trabalhos em escala de planejamento urbano seguramente irão aumentar em 2012.

Raul Cânovas

Colunista_Raul_Canovas  Acho que durante este ano, que finda, descobri algumas ferramentas para sonhar melhor e para administrar, de forma razoável, minha própria vida. Talvez o logro mais importante não fosse o número de projetos paisagísticos, das crônicas escritas, nem das palestras onde tantas pessoas generosas suportaram e até elogiaram minhas ponderações. O mais importante foi reunir paisagistas em torno da ideia de pensar em um mundo um pouco mais verde.

  Esses acontecimentos (eventos) são a conseqüência natural de um mercado em pleno crescimento. Entretanto deveriam funcionar não apenas como o resultado do alargamento das atividades do nosso segmento, mas satisfazendo mais e melhor os produtores de plantas ornamentais, a indústria nacional de máquinas e ferramentas, o setor de fertilizantes e os próprios paisagistas que se mostram tão carentes dos subsídios mais elementares, para levar em frente suas empresas.

  Há uma forte tendência para o lazer criativo, onde a gastronomia e a jardinagem se transformaram no hobby “da vez”. Se somarmos a isto o fato de nosso país ser a segunda economia da América, atrás apenas dos Estados Unidos, onde a velocidade de crescimento é bastante inferior a brasileira, teremos um futuro cheio de promessas. Falta, e isto preocupa, focar melhor as responsabilidades dos profissionais que atuam no âmbito que planeja a paisagem urbana. As cidades brasileiras clamam por soluções ambientais e o paisagista deve responder a este chamado ocupando o lugar que lhe cabe na sociedade, para resolver estas questões.

Mari Polesi

Colunista_Mari_Polesi

  Com certeza 2011 foi um ano ótimo ano para o Stúdio Mari Polesi. Desenvolvemos excelentes projetos e consolidamos cada vez mais nossa atuação no mercado de Alphaville, Tamboré, e interior, atendendo a inúmeros projetos de construtoras e escritórios de arquitetura.

   Com relação a minha contribuição para o segmento, através do Paisagismo em Foco, reunimos profissionais e empresas importantes, que além de provocar debates pertinentes sobre o rumo da nossa atividade, promoveram troca de experiências e o contínuo aprendizado. Tudo isso compartilhado de forma democrática para o maior numero de pessoas.

Perspectiva_Medic_Life_reportagem_colunistas  A participação do paisagismo em todos esses eventos vem crescendo. Ficou evidente como o paisagismo realmente emoldura todos eles, dando unidade, beleza e qualidade as mostras, eventos e feiras do setor. Em 2011, participei de duas delas e visitei as demais, e fiquei satisfeita com o resultado, claro que acho que ainda falta uma grande variedade empresas participantes, mas estamos no caminho certo. A participação neste tipo de evento é fundamental para o relacionamento indústria/profissional e divulgação de produtos e serviços que estão à disposição para que os projetos possam ficar ainda melhores.

  Minhas perspectivas para o próximo ano são bastante positivas, com mais um ciclo em alta do mercado imobiliário, aliado a real percepção da importância do paisagismo dentro de um projeto independente de sua escala. Acredito que em 2012 teremos um ano de consolidação e ainda forte crescimento do mercado. Estamos em um nível de desenvolvimento onde as pessoas já são capazes de compreender a necessidade para o ser humano em 'reconectar-se' com o meio ambiente. O paisagismo é uma das únicas formas que estuda e projeta espaços para essa finalidade, além de contemplar quase que por princípio materiais naturais, construções orgânicas. Em pleno século XXI é uma necessidade pensarmos em 'não construção', e infelizmente nem todos tinham acesso a esses conceitos, que agora passam a ser fortemente arraigado. Não há espaço para amadorismo e baixa qualificação da cadeia construtiva em todos os níveis.

Paula Magaldi

Casa_Cor_Trio_2011_Melhor_projeto_de_paisagismo_Paula_Magaldi

Colunista_Paula_Magaldi_2  O ano de 2011, foi um muito proveitoso e importante para o escritório. Ganhamos diversos prêmios: (Casa Cor, Casa Cor Trio e Olga Krell), estes prêmios são o importante reconhecimento do mercado profissional ao nosso trabalho.

  Os eventos são muitos importantes, pois lançam tendências e é uma maneira do paisagista mostrar o seu trabalho.

  O paisagismo tem sido levado a sério no mundo, as pessoas estão percebendo a importância das áreas verdes e da sustentabilidade. A conscientização do verde é um dos itens mais importantes para ampliarmos ainda mais o mercado de paisagismo.

Monique Briones

Colunista_Monique_Briones

  Em 2011 abrimos um novo escritório, em Madrid com um showroom de paisagismo. Antes estava apenas em Barcelona. O jardim do showroom foi publicado em varias revistas e também fizeram uma reportagem sobre ele para a televisão.

  Apresentei o programa "Reforma Integral - Jardim" para um canal de TV aqui na Espanha. Também fui convidada a participar da Fiaflora, criando um jardim que recebeu boas críticas e diversas publicações em revistas do mundo verde, e vários projetos novos e desafiadores.

  Acho que o Brasil tem uma qualidade incalculável em eventos de decoração tanto de interiores como de exteriores. Só tive a oportunidade de estar na Fiaflora, dado que meu trabalho está em sua maioria na Europa. Um grande evento! Mas acompanhei por fotos e as reportagens publicadas aqui pelo Paisagismo em Foco e fiquei morrendo de inveja de não poder ir...

  Vejo um potencial tremendo para o mercado de paisagismo no Brasil. Acho que tem tudo para ser de tecnologia de ponta e com muito desenho, qualidade e bom gosto. E aqui na Espanha temos um longo caminho pela frente, já que ainda não existe a cultura do jardim privado. Coisa que pouquinho a pouco estamos mudando. Com muito trabalho e esforço, além do poder da boa vontade! Enfim, posso dizer que o paisagismo só tem a crescer e se desenvolver. Em diversos aspectos, áreas e continentes.

Ana Rita Gimenes & Ralph Dekker

Colunista_Ana_Rita_e_Ralph_Dekker

  Somos imensamente gratos pelo ano de 2011. Trabalhamos muito, com empenho, perseverança, planejamento e foco, sempre contando com a credibilidade e preferência de nossos clientes e parceiros, e nossas as metas foram superadas.

  No campo da Arte Floral organizamos mais cursos e workshops do que o ano anterior, trazendo designers florais renomados da Holanda (Boerma Instituut e Marcel van Dijk – Oogenlust), Bélgica (Bart Nys e Bart van Hove), Alemanha (Wally Klett), França (Marie Françoise Deprez) e Brasil (Orlandio Santos). Os cursos foram muito bem avaliados por nossos clientes (nos serviços e infraestrutura de nossa escola, e conteúdo e didática dos professores) e certamente o efeito multiplicador será sentido pelos consumidores finais, com arranjos florais mais diferenciados e contemporâneos, seguindo as tendências internacionais da Arte Floral. Todos estes convidados internacionais retornam ao Brasil e ainda temos um novo nome, Pim van den Akker, da Holanda, que virá pela primeira vez ao nosso país.

         Colunista_Ana_Rita_2  Colunistas_Ana_Rita_3  Colunista_Ana_Rita_4

  No campo do Paisagismo e Jardinagem a mostra ‘Minha Casa Meu Jardim’, idealizada e organizada por nós para a Expoflora - Festa Holandesa das Flores foi um sucesso de público e de imprensa, superando o ano anterior. Os profissionais e empresas que participaram desta edição já se inscreveram para o próximo ano, com perspectivas ainda melhores de divulgação de seus produtos e serviços. Estamos trabalhando no tema do próximo ano com muito entusiasmo.

Colunista_Ana_Rita_5

  Organizamos dois grupos de viagens para a Europa, uma em abril e outra em maio, que foram excepcionais, e serão repetidas nos mesmos meses de 2012 com algumas novidades. As viagens são destinadas para profissionais de floricultura, decoração, paisagismo, jardinagem e afins e acontecem durante a primavera européia.

  Todos os eventos certamente despertam cada vez mais o interesse do público final e oferecem propostas mais reais para os gostos e bolsos dos brasileiros. A imprensa em geral, sempre presente, têm contribuído com a multiplicação das informações e imagens. É obvio que um público mais bem informado será um público mais interessado e isto cria sempre novas e maiores demandas. O desafio para todos os profissionais e empresas do setor é contribuir com uma mudança de cultura no brasileiro, cultura que valorize mais  flores, plantas e jardins, seja nas residências ou empresas.

  Acredito que o mercado de paisagismo só tem a crescer nos próximos anos. Em todas as nossas viagens para os principais eventos do exterior, temos visto muitas novidades em produtos e serviços que ainda são desconhecidas por empresas e profissionais brasileiros.  Produtos para todos os orçamentos e necessidades, que aos poucos, certamente, serão introduzidos no nosso país.

  O legal de tudo isso é que temos um mercado de muitas oportunidades, com bastante potencial. Mas em contrapartida vai exigir muito mais dos profissionais e empresas.

  Que juntos possamos tornar o mundo mais belo, colorido e emocionante, com a máxima expressão da Arte Floral e do Paisagismo.

‘A arte consiste em fazer os outros sentir o que nós sentimos, em os libertar deles mesmos, propondo-lhes a nossa personalidade para especial libertação’. Fernando Pessoa.

Marcelo Faisal

Colunista_Marcelo_Faisal

  Começamos o ano com uma perspectiva nunca vista antes, todavia os atrasos das obras e a falta de mão-de-obra no mercado em geral, fizeram os resultados recuarem. Esperávamos um crescimento entre 20 e 25%, mas mantivemos o mesmo faturamento de 2010 [não informa]. Estamos vivendo um colapso dos serviços em geral.

  A Casa Cor precisa se reinventar, desgastou, mas continua sendo a maior marca das feiras. Já a Fiaflora Expogarden teve um congresso de altíssimo nível e é a feira mais relevante do mercado verde. A Mostra Black mexeu com o conceito de mostra de decoração. Foi bem bacana e deve-se manter em 2012.

  Não será fácil e as construtoras/incorporadoras vão desacelerar. O gigantismo das empresas deve dar lugar a empresas mais racionais. Precisamos formar mão de obra qualificada urgente e acabar com a paranóia e pressa do mercado!

Sidnei Harada

Colunista_Sidnei_Harada

  Em 2011, estive mais voltado para a parte do Curso Técnico de Paisagismo do IBRAP. Em relação a serviços de projeto e implantação, destaco apenas alguns trabalhos de um jardim de 2.500 m² de uma indústria em Jundiaí, um sítio de 25.000 m² em Porto Feliz e uma casa linda em Ilha Bela. E uma grande conquista para mim, foi ter conseguido a aprovação do Curso Técnico de Paisagismo do IBRAP junto ao CREA, mas as maiores conquistas mesmo ficam por conta de quando eu vejo alguns alunos fazendo excelentes trabalhos e se destacando no mercado.

  Acompanhei alguns eventos pessoalmente e outros somente virtualmente. A Casa Cor, cujo objetivo é apresentar as principais tendências, o paisagismo está ganhando cada vez mais espaço e destaque. Os espaços estavam muito aconchegantes e vimos uma crescente preocupação com a sustentabilidade, o que é ótimo. A Garden Fair, Enflor e Expoflora também estão crescendo e ficando cada vez melhores, apresentando belos jardins e bons fornecedores.  A Mostra Black  já é direcionada para outro tipo de público e foi uma proposta de criar ambientes luxuosos e conceituais, e pelos nomes dos paisagistas envolvidos:  Alex Hanazaki, Luis Carlos Orsini e Marcelo Faisal, o resultado só poderia ter sido primoroso. A Fiaflora é ainda uma das maiores feiras na área de paisagismo e o objetivo é aproximar  profissionais e fornecedores, porém sinto que antigamente, quando a Fiaflora era realizada no Centro de Convenções Imigrantes, havia mais fornecedores de plantas, acessórios e insumos.  Mas resumindo, sinto pelo crescimento nestes eventos, que o paisagismo tem crescido muito, valorizando mais os profissionais que atuam nesta área.

  Apesar de previsões de que o mercado imobiliário vá crescer um pouco menos em 2012, as perspectivas são as melhores possíveis. Temos cada vez mais imóveis valorizando o paisagismo, há cada vez mais consciência de que o paisagismo não é somente para valorizar a estética do imóvel, e sim para criar ambientes agradáveis, que convidam as pessoas a desfrutar da natureza, aumentando a qualidade de vida. Dentro deste contexto, de crescimento do mercado imobiliário e da importância do paisagismo principalmente nestes novos empreendimentos, as perspectivas do mercado de paisagismo são excelentes, com tendência a crescer sempre, pois além de todo o cenário positivo, temos ainda grandes eventos esportivos que irão trazer muitos investimentos.

Colunista_Paisagismo_em_Foco_Estande_Fiaflora

                             Estande da revista eletrônica Paisagismo em Foco presente na                            14ª Fiaflora Expogarden e nos principais eventos e feiras do setor

  Como você deve ter percebido os nossos colunistas também tiveram um ano com muitas conquistas. Nós aqui do Paisagismo em Foco aproveitamos a oportunidade para agradecer a cada um desses profissionais, que ao longo de 2011 disponibilizaram parte de seu tempo para compartilhar informações com qualidade, seriedade e acima de tudo: com credibilidade.

  Para o próximo ano, esses mesmos profissionais afirmam que o setor vai manter o seu ritmo de crescimento saudável e sem dúvida alguma o seu superávit vai permanecer acima da média. "Nosso principal objetivo vai continuar sendo a propagação de conteúdos exclusivos, com forma e qualidade. Parabéns a todos os nossos colunistas e os nossos sinceros agradecimentos a você leitor", salienta Pedro Henrique de Oliveira.

  Em 2012, o Paisagismo em Foco vai apresentar inúmeras novidades, novas editorias, novos colunistas, com um conteúdo de primeira, na forma e na qualidade que você merece!

Colunistas_Boas_Festas

Imagens: divulgação

Imagem Pedro Henrique de Oliveira (CLAYTON DE SOUZA/Agência Estado)


Publicidade

Revista Paisagismo em Fogo © 2020. Todos direitos reservados. Por Go Up Publicidade