A principal revista eletrônica de Arquitetura Paisagística do Brasil !

5 ambientes que são a cara do outono


FullFreela criou cenários que são característicos para a estação

O outono é tempo de renovar. A estrela principal da estação são os tons terrosos, acompanhados por misturas de tecidos e muita madeira.

A FullFreela, plataforma que cria decorações virtuais, preparou 5 ambientes que são a cara do outono e pode inspirar aqueles que estão pensando em renovar alguma parte da casa, ou até servir como ideia para arquitetos.

5 ambientes cara do outono 1

A madeira aquece os ambientes e pode ser usada do teto ao chão. Os tons do sofá e das poltronas tornam a sala mais aconchegante, um espaço ideal para assistir um filme acompanhado daquele que se ama.

5 ambientes cara do outono 2

O uso de cores terrosas não precisa resultar em um ambiente mais escuro. O apoio da luz natural e a mistura de nuances iluminam a cozinha com a sala de estar, tornando o ambiente leve para cozinhar uma das refeições que combinam com o clima da estação.

5 ambientes cara do outono 3

Não há como ser mais outonal que essa charmosa suíte. As cores em tons de marrom e preto não deixam o ambiente pesado e a luz natural ajuda bastante na iluminação.

5 ambientes cara do outono 4

Misturar madeira e tijolinho aparente é quase sinônimo da estação. A combinação aparece de várias formas. Os materiais podem dividir a mesma parede. Outra opção é o tijolo ocupar toda essa superfície e a madeira aparecer no chão. Além disso, deixa o ambiente moderno e sofisticado.

5 ambientes cara do outono 5

Outono também combina com tranquilidade, o que demonstra essa sala com elementos naturais no imobiliário e plantas que trazem a calmaria para o ambiente.

"Todos os ambientes foram criados em 3D para ajudar as pessoas que estão em reforma ou aquelas que pensam em mudar algo a se inspirarem. Com o 3D, nós mostramos que é possível preencher o ambiente de várias maneiras e só por a mão no bolso quando realmente decidir que aquela sala, por exemplo, está do jeito que você gostaria", finaliza Leonardo Bartz, CEO da FullFreela.

Mais informações:

www.fullfreela.com/


Publicidade