Confira os jardins da CASACOR SP 2018

Avaliação do Usuário

Star ActiveStar ActiveStar ActiveStar ActiveStar Active
 

Em 2018, a CASACOR São Paulo chega a sua 32ª edição com o tema “A Casa Viva” em 82 ambientes decorados (entre casas, lofts, lounges, salas, banheiros, estúdios e apartamentos) no Jockey Club de São Paulo. Entre 22 de maio e 29 de julho de 2018, o visitante conferirá o que há de melhor no design de interiores, decoração, arquitetura e arte no Brasil.

Agora confira os jardins da mostra abaixo:

Calçada Todas as Cores

Profissionais: Lao Design e Zoom Arquitetura – Lao Napolitano e Guilherme Ortenblad

CASACOR Calçada Todas as Cores 1

Para o designer Lao Napolitano, da Lao Design, “a calçada é um lugar de convivência, tolerância e respeito ao próximo, é onde acontece o exercício pleno da cidadania”. E esse é o conceito de seu ambiente, que ele assina junto com o escritório de Bruno Silva, Guilherme Ortenblad, Karin Kussaba, Kathleen Chiang, Mariane Christovam, Pedro Borba, Rosa Alves e Ticiane Gazaroli.

CASACOR Calçada Todas as Cores 2

A equipe optou por transformar os 400 m² em um espaço de ocupação e permanência, com áreas de estar acolhedoras, intervenções artísticas e jardins.

CASACOR Calçada Todas as Cores 3

Brasil de Origem

Profissionais: Kalil Ferré Paisagismo – Elaine Kalil e Maurício Ferré

CASACOR Brasil de Origem 3

Todas as espécies do jardim criado por Elaine Kalil e Mauricio Ferre são nativas do país. A dupla buscou, pela variação de volumes e texturas, compor uma vegetação que parecesse natural. “Tentamos sempre fazer com que a mão do homem não seja perceptível para darmos a impressão de que a mata existia antes da nossa intervenção”, diz Mauricio.

CASACOR Brasil de Origem 2

Intercalando alturas, há árvores maiores, como palmeiras-jerivá, seguidas por dedaleiros, oitis e quaresmeiras-do-brejo. As camadas inferiores são formadas por helicônias, ciclantos, calatheas, além de marantas e bromélias.

CASACOR Brasil de Origem 1

Paisagem do Refúgio Urbano

Profissional: Alexandre Furcolin

CASACOR Paisagem do Refugio Urbano 1

No ambiente, que teve como inspiração o escritório do próprio paisagista, a harmonia ocorre de tal forma que se torna difícil diferenciar o espaço construtivo da natureza. O projeto do refúgio, criado a quatro mãos com a designer de interiores Marina Linhares, conta com apenas uma parede e utiliza-se do vidro para que o morador possa apreciar o entorno.

CASACOR Paisagem do Refugio Urbano 2

Para conviver com as árvores que já estavam no local, como pitangueiras e araçás, foram acrescentados marantas, filodendros e calatheas, entre outras espécies. “O grande desafio é imitar a natureza e criar um paisagismo exuberante, mas que não seja impositivo”, explica.

CASACOR Paisagem do Refugio Urbano 3

Jardim da Casa da Árvore

Profissional: Cenário Paisagismo

CASACOR Jardim da Casa da Arvore 1

Para a estreia na CASACOR, Daniela Bastos e Karla Lopez buscaram formas de incorporar a natureza ao projeto arquitetônico. Para isso, posicionaram uma acácia-seyal em um ponto estratégico de forma que seus galhos esculturais pareçam a extensão do brise de madeira do ambiente ao fundo do jardim.

CASACOR Jardim da Casa da Arvore 2

Na passarela de acesso, o contraste aparece na escolha da vegetação. À esquerda, um painel metálico ganha textura com trepadeiras que sobem em alturas alternadas. À direita, arvoretas filtram a luz solar e criam um espaço sombreado.

CASACOR Jardim da Casa da Arvore 3

Jardim das Agaves

Profissional: Gabriela Gaunzer e Rejane Heiden

CASACOR Jardim das Agaves 1

O desafio de criar um jardim orgânico em uma área ampla de 200 m² foi cumprido com maestria pela dupla em sua estreia na mostra. O agave, espécie protagonista, circula os espaços de convivência; e o deque aparece em duas versões, a tradicional e em flor, com hastes altas.

CASACOR Jardim das Agaves 2

Uma área coberta de areia com pedras e uma pira ao centro fazem referência a elementos da cultura mexicana pré-colombiana. Do outro lado, o jardim traz móveis e revestimentos em tons de rosa, cinza e preto. Todas as plantas do projeto são rústicas e de fácil manutenção, destaque para a pinanga e a echevéria rosa.

CASACOR Jardim das Agaves 3

Alameda

Profissional: Mauro Contesini

CASACOR Alameda 1

Transformar uma área de passagem em um espaço de descanso e contemplação da natureza foi o que buscou o paisagista Mauro Contesini. Além de preservar a vegetação original, ele optou por usar palmeira fênix, nandina, bromélia fireball, lisimáquia, entre outras espécies de plantas.

CASACOR Alameda 2

Uma parede já existente no local serve de pano de fundo para o ambiente de 96m² com banco, poltronas e pergolado. “A ideia é fazer as pessoas se desconectarem da vida urbana”, explica.

CASACOR Alameda 3

Jardim Sustentável

Profissional: Daniela Sedo

CASACOR Jardim Sustentavel 1

Preservar 100% a vegetação do local e criar um espaço para as crianças usufruírem. Esses são os conceitos que norteiam o projeto da paisagista Daniela Sedo. Em 40 m², ela optou por materiais que não agridem o meio ambiente em sua produção, como o piso drenante que capta água da chuva e ajuda na irrigação inteligente da vegetação. Uma casinha de bambu e móveis adaptados ao tamanho das crianças completam o espaço.

CASACOR Jardim Sustentavel 2

Jardim das Casas

Profissional: Roberto Riscala

CASACOR Jardim das Casas 1

Roberto Riscala, paisagista com maior número de CASACOR São Paulo, assina, para sua 22ª participação na mostra, o Jardim das Casas. Construído em uma área de 275 m², entre quatro casas, o ambiente não segue um modelo tradicional. A proposta é mostrar que existem várias maneiras de trazer o verde para perto das pessoas, o contato com a natureza e a vida, mesmo contrariando a ideia de que a rotina dos tempos modernos não permita isto.

CASACOR Jardim das Casas 3

O projeto de harmonizar o verde na vida das pessoas, seja por um jardim tradicional para quem reside em casa onde o espaço permite essa construção, ou em pequenas paredes por meio de jardins verticais, propõe um questionamento sobre o futuro e a importância dos jardins. O principal objetivo é dar alternativas e mostrar que pode ser prático e moderno, sem demandar muito tempo e custo de manutenção.

CASACOR Jardim das Casas 2

Paisagens de Luz

Profissional: Plantar Ideias – Felipe Stracci e Luciana Pitombo

CASACOR Paisagens de Luz 1

Com apenas dois anos no mercado, Luciana Pitombo e Felipe Stracci marcam presença pela segunda vez na mostra. Nesta edição, a dupla se valeu de três conceitos principais para projetar o jardim de 467 m²: sugerir soluções dinâmicas e adaptáveis a outro local, harmonizar realidades antagônicas entre o espaço criado e a paisagem do entorno e ainda oferecer experiências sensoriais.

CASACOR Paisagens de Luz 2

Por ser pré-fabricado, o jardim pode ser montado e desmontado e, assim, transportado facilmente. Destaque para o movimento de luz e sombra, inspirado no trabalho do artista James Turrell.

CASACOR Paisagens de Luz 3

Coliving

Profissional: Clariça Lima

CASACOR Coliving 1

Um jardim repleto de espécies de plantas, árvores e flores incorporado com peças assinadas para área externa. A paisagista criou um ambiente de 138 m² visando a interação e troca de experiências dos visitantes. Dois bancos floreiras de aço corten pintados em laranja abraçam e preservam as árvores existentes, ofertando um agradável descanso ao público.

CASACOR Coliving 2

A cor também é um elemento muito presente no jardim, seja numa pintura ou no mobiliário. Inspirada nos vasos de cerâmica em forma de letras assinados por Marilá Dardot e expostos em Inhotim, deixa à disposição letras para o espectador compor palavras e frases. E mesmo tendo como princípio para seu projeto o contato entre pessoas, Clariça sabe que o mundo moderno também exige ligação com a tecnologia, poi isso instalou totens com tomadas e entradas UBS para o convívio em seu Coliving.

Jardim da Tartuferia

Profissionais: Bia Abreu

CASACOR Jardim da Tartuferia 2

Soluções inteligentes e sustentáveis, folhagem intensa, com espécies exóticas e da flora brasileira, compõem o Jardim da Tartuferia. O projeto começa ainda dentro do restaurante com plantas suspensas, uma solução para ambientes reduzidos. O destaque fica para a jabuticabeira de quase 6 metros, que já existia no local e foi preservada. Uma mini-horta foi  instalada para ser utilizada pelos chefs. O espaço continua na área externa com um jardim de 60 m², composto por lírios-da-amazônia, medinilas, orquídeas tutti-frutti e uma palmeira-laca.

CASACOR Jardim da Tartuferia 1

(EVELYN MULLER/CASACOR)

Jardim da Villa Olivo Todeschini

Profissional: Daniel Nunes

CASACOR Jardim da Villa Olivo 3

Como uma continuação do ambiente de João Armentano, o jardim é um espaço de contemplação desenvolvido a partir da oliveira centenária que abraça da arquitetura. Heterogêneo e minimalista, o projeto é tomado pelo preto. O objetivo dos tons escuros é contrastar com o verde azulado das folhas da árvore e dos canteiros de alecrins. Destaque para os painéis de madeira, que foram carbonizados utilizando a técnica japonesa shou sugi ban.

CASACOR Jardim da Villa Olivo 2

Le Riad Bontempo

Profissional: Roberto Migotto

CASACOR Le Riad Bontempo 3

Riad é um tipo de construção originária do Marrocos cuja principal característica é ser voltada para um jardim interno, que funciona como um pátio. Le Riad Bontempo é uma releitura contemporânea dessa arquitetura: o ambiente é formado por uma casa de 400 m² e um jardim de 200 m².

CASACOR Le Riad Bontempo 2

Nela, a interação acontece tanto com a natureza quanto com a rica cultura marroquina. Um grande painel de madeira entalhada e o espelho d’água do jardim interno são destaques do projeto assinado pelo veterano Roberto Migotto e seu sócio Ricardo Minelli.

CASACOR Le Riad Bontempo 1

Jardim da Casa do Relógio

Profissional: Rodrigo Oliveira

CASACOR Jardim da Casa do Relogio 2

Um jardim para passar a tarde. Essa é a proposta da área 330 m² que se volta para o projeto de Dado Castello Branco. “A ideia foi aproveitar ao máximo a área externa para receber, porque A Casa Viva - conceito da CASACOR 2018 - é isso”, revela Rodrigo. Há uma mesa de refeições, um sofá para relaxar e o imponente fogo de chão, que completa a atmosfera calorosa. A árvore pau-brasil é a principal espécie no jardim. Também chamam a atenção o arbusto elaeagnus ao fundo, a pitanga-anã, que atrai passarinhos, e o ornamental alecrim-australiano - estas últimas espécies pouco usadas em projetos paisagísticos nacionais.

CASACOR Jardim da Casa do Relogio 3

Tempo

Profissionais: Renata Tilli, Vera Oliveira, Lucas Tell Push

CASACOR Tempo 2

Um jardim criado para atender quem deseja qualidade e tempo. Porque a vida atual demanda agilidade, plantas de crescimento rápido e pouca manutenção, por exemplo capim e bambu, foram escolhidas junto de materiais essenciais como pedras e areia.

CASACOR Tempo 1

O lago foi feito segundo a filosofia da construção SysHaus: sem concreto, sem desperdício e com tratamento biológico. Tal austeridade revela, porém, a busca por um espaço ao mesmo tempo belo e pragmático, executado com técnicas modernas e complexas.

CASACOR Tempo 3

Sensações

Profissional: Flávio Abilio Rodrigues

CASACOR Sensacoes 1

“Busquei criar um espaço cheio de sensações, onde as pessoas pudessem se sentar e contemplar”, explica o paisagista Flavio Abílio Rodrigues. O ambiente, que traz plantas aromáticas como alecrim silvestre e lavanda, conta com um banco vermelho de palete de 28 m².O profissional optou por um projeto com plantas elevadas, utilizou caixas de ferro - duas delas contêm patas-de-elefante com 5 metros de altura e mais de 80 anos - e preencheu as floreiras já existentes com camélias.

CASACOR Sensacoes 2

Geo Garden

Profissionais: Ricardo Afiune e Peter Burmeister

CASACOR Geo Garden 2

Inspirado pelas formas geométricas da natureza, os profissionais assinam um jardim de contemplação e descanso. Dessa forma, é criada uma sensação de movimento equilibrado de luzes e sombras. Plantas como guaimbê e fênix são inseridas como um contraponto orgânico às espécies geométricas e valorizadas por abajures externos e projetores de LED. Mobiliário de madeira e jardineiras com aço tratado e pedras formam um bloco modelado dando ritmo e movimento ao projeto, que foi desenvolvido em apenas dois dias.

CASACOR Geo Garden 1

Jardim da Deca

Profissionais: Thalita Vitachi para Plantare Mais

CASACOR Jardim da Deca 1

A inspiração para o paisagismo veio dos belos parques urbanos de Los Angeles, nos Estados Unidos, no entanto a dupla Armando Salvador e Thalita Vitachi, da Plantare, não abriu mão da brasilidade ao criar o projeto.

CASACOR Jardim da Deca 2

O carandá, espécie nativa, exerce um protagonismo marcante no jardim. Já a composição de cactáceas e suculentas, plantas de baixa exigência hídrica, proporciona um aspecto exuberante e escultural ao ambiente, que foi criado para o encontro e desfrute das áreas verdes da mostra.

CASACOR Jardim da Deca 3

Praça CASACOR

Profissional: João Jadão e Catê Poli

CASACOR Praça CASACOR 2

“Pensamos em um espaço de confraternização, do qual as pessoas pudessem realmente desfrutar”, explica Catê. No ambiente, formado por três áreas independentes, o verde é predominante.

CASACOR Praça CASACOR 3

 

Para contrastar com a aridez da praça, sem nenhuma árvore, a dupla trouxe jabuticabeiras, cerejeiras e palmeiras, além de arbustos em vários tons. A sustentabilidade também foi uma preocupação, já que todas as estruturas poderão ser reaproveitadas: os pergolados, por exemplo, são desmontáveis.

CASACOR Praça CASACOR 1

Jardim do Entardecer

Profissional: Myriam Marques

CASACOR Jardim do Entardecer 1

O crepúsculo é o tema do ambiente de 28 m². As Hespérides, ninfas gregas que personificam o entardecer, foram a inspiração da designer floral, que faz sua estreia na mostra. Um jardim vertical revestido de gramíneas e heras - mais uma inspiração na mitologia - recebe a impressão do rosto de uma deusa, criando harmonia entre a arte e vegetação. Oliveiras e romãzeiras em vasos reforçam a atmosfera onírica que presta homenagem ao feminino. Um banco de madeira ecológica convida o visitante a sentar e apreciar a paisagem.

SERVIÇO

Período: de 22 de maio a 29 de julho

Horário: Terça a sábado, das 12h às 21h; domingo das 12h às 20h.

Local: Jockey Club de São Paulo

Endereço: Avenida Lineu de Paula Machado, nº 875 – Cidade Jardim

Ingressos:

De terça a quinta-feira

Ingresso inteiro: R$ 60

Meia entrada: R$ 30

Sexta, sábado, domingo e feriados

Ingresso inteiro: R$ 76

Meia entrada: R$ 38

Passaporte único: R$ 180

Valet: R$ 35,00

Mais Informações: www.casacor.com 

Facebook: www.facebook.com/casacoroficial 

Instagram: @casacor_oficial  

 

Adicionar comentário


Código de segurança Gerar novo código
Newsletters

Cadastre-se e receba  nossas novidades.

Siga-nos

Siga nossas redes sociais

facebook verde twitter verde Instragran verde

Últimas Matérias Publicadas

  • O paisagismo em empreendimentos dos novos tempos

  • Fazenda São José há mais de 74 anos é tradição e referência em Decks e Pérgolas

  • Garden seat invade a decoração

  • Vem aí a 3º edição do Congresso Nacional de Paisagismo Online, o Conapa

  • Uma perspectiva otimista para o mercado de paisagismo

  • 1