Avaliação do Usuário

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Com um pé fincado no passado e outro em busca do futuro, a CASA COR Rio 2015 ocupa a histórica Villa Aymoré e revela que a mistura de estilos está mais que presente.

Em 2015, a CASA COR Rio de Janeiro se hospeda na Villa Aymoré, um conjunto arquitetônico eclético construído entre 1908 e 1910, restaurado para abrigar escritórios-boutique no charmoso bairro da Glória. O resultado pode ser conferido até o dia 4 de outubro em cerca de cinco mil metros quadrados, divididos em 42 ambientes assinados por 63 arquitetos, designers de interiores e paisagistas.

28 1 anna luiza rothier varanda do living da praia 2

Avaliação do Usuário

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Por meio de revestimentos diferentes, profissionais da arquitetura e decoração tornam os ambientes mais ricos esteticamente e conseguem criar maior interação entre pessoas e espaço

Os revestimentos diferentes trazem personalidade para o décor. É uma forma de surpreender positivamente com cores e texturas os usuários dos espaços e, assim, inovar. Como há muitas opções e tipos de revestimentos disponíveis no mercado, é preciso ter bom senso e bom gosto na escolha para que a composição do ambiente seja equilibrada.

Revestimento Decor 4

No Banheiro Público Feminino, a designer Analu Guimarães revestiu parede e teto com renda. Foto: Osvaldo Castro

“São pelos revestimentos que, muitas vezes, o ambiente cria vida”, defende a designer de interiores Melina Mundim. A profissional empregou o gabião — estrutura feita com aço e preenchida com pedras — como revestimento no Living, ambiente assinado por ela na Casa Cor Minas, para acompanhar a estrutura de madeira do espaço. “A pedra é um material que compõe muito bem com a madeira. A ideia foi criar uma estrutura rústica para receber móveis refinados que se tornam aconchegantes quando juntos”, conta Melina.

Revestimento Decor 1

No Living, projetado por Melina Mundim, as paredes revestidas com gabião é um dos destaque. Foto: Rodrigo Tozzi

Quem também não abre mão de ousar nos revestimentos é a designer Analu Guimarães, da Na Lupa Design. No Banheiro Público da mostra Morar Mais por Menos, ela revestiu as paredes dos banheiros com tecido rendado, pano de saco e vidro. “Os revestimentos diferentes denotam cuidado e trazem mais charme aos espaços. Nesse projeto, usei vários vidros, como o fantasia pontilhado, o laqueado, o temperado, o plotado e os espelhos lapidados. O resultado estético ficou incrível”, comemora a designer.

Revestimento Decor 5

Banheiro Público Masculino, a profissional usou pano de saco e vidro fantasia pontilhado para revestir as paredes. Foto: Osvaldo Castro

​Foi também por meio de um revestimento diferente que os profissionais da Situar Projetos, a designer de interiores Rosângela Brandão Mesquita e o arquiteto Eduardo Henrique, conseguiram quebrar um paradigma e criar um quarto descolado na Casa Cor Minas. “Quando se pensa em revestimento para quarto, o papel de parede é sempre a primeira opção. Mas queríamos inovar e, conhecendo um lançamento de revestimento da Oca Brasil que lembra ladrilho, tivemos a ideia de usá-lo no quarto. Com isso, nós conseguimos trazer brasilidade, melhorar a acústica do ambiente , destacar a parede e sair do senso comum”, comentam os profissionais da Situar Projetos.

Revestimento Decor 3

No Quarto do Jovem Deslocado, os profissionais do escritório Situar Projetos, revestiram a parede com um ladrilho hidraúlico, produto nunca antes usado em quarto. Foto: Jomar Bragança

Revestimento Decor 2

Sai o tijolinho e entra o tijolão. Essa nova tendência em revestimento foi especificado pelo escritório Óbvio Arquitetura na Cozinha Gourmet da Casa Cor Minas. Foto: Henrique Queiroga

No escritório Óbvio Arquitetura, a regra também é ousar nos revestimentos. Nathália Otoni e Luciana Araújo, arquitetas que estão à frente do escritório, acreditam que esse tipo de material atrai a atenção das pessoas e cria uma interação entre elas e o espaço. Na cozinha gourmet da Casa Cor Minas, as profissionais apostaram no tijolão. “A utilização desse revestimento na cozinha é para dar um toque bastante rústico e trazer uma sensação de aconchego e de casa ao espaço”, explicam as arquitetas do Óbvio Arquitetura.

Avaliação do Usuário

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Para criar um ambiente mais discreto que pode ser utilizado em diversas residências, Cris Jacobsen investiu em móveis mais discretos, mas não deixou de fora as cores que tanto caracterizam o país-inspiração de seu trabalho. A referência a elas é retratada nas inúmeras almofadas coloridas distribuídas por todo o espaço. 

Mostra Green House Ambiente Mexico 1

Mostra Green House Ambiente Mexico 4

Mostra Green House Ambiente Mexico 2

Sobre:

Com fábrica localizada em Indaiatuba, a Green House Móveis dedicou seus 15 anos de atuação no mercado de área externa, unindo conforto, funcionalidade e design por meio de peças exclusivas, com acabamentos perfeitos, utilizando sempre matérias-primas de alta qualidade, que valorizem jardins, piscinas, áreas externas e internas.

Serviço:

Mostra de Móveis Volta ao Mundo

Data: De 08/06/2015 até dezembro/2015

Avaliação do Usuário

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Grande parte do público que visita a Casa Cor Minas está em busca de inspiração para suas próprias moradas. Cientes disso, os profissionais participantes têm o cuidado de apresentar a este público ambientes convidativos, inovadores e recheados de tendências. Para quem quer se sentir acolhido logo na chegada à mostra, uma sugestão é começar pelo Living, ambiente assinado pela designer de interiores Melina Mundim.

Casa Cor Minas Gerais 2015 4

Avaliação do Usuário

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive

Um ambiente requintado que reúne praticidade e conforto são as apostas da profissional para a principal Mostra de Decoração do país

“Uma cozinha dos sonhos”; com este conceito a arquiteta Graciela Piñero marca seu retorno a principal Mostra de Decoração do país, a Casa Cor São Paulo, que acontece de 26 de maio a 12 de julho. Em seu lounge gourmet de 55m², Graciela projetou um ambiente intimista, intitulado A Cozinha dos Meus Sonhos, que exalta a praticidade de uma área gourmet altamente equipada e moderna, mas com muito aconchego nos detalhes, um local perfeito para receber os amigos e familiares.

Cozinha dos meus sonhos Graciela Pineiro 2

Cozinha dos meus sonhos Graciela Pineiro 3

A tempos a cozinha deixou de ser um ambiente isolado e escondido para se transformar em um local de integração nas casas. É também um espaçoque aguça a criatividade no preparo dos mais diversos pratos, onde os moradores relaxam e confraternizam. “Essa é uma área que permite ricas experiências e instiga o nosso processo criativo. Coloquei referências pessoais neste projeto pensado em uma proprietária que gosta de cozinhar em família, experimentar novas receitas, curtir, relaxar e socializar. Utilizei cores suaves, que se complementam de forma harmoniosa”, explica Graciela Piñero.

Sofisticação e praticidade

Marca registrada da profissional, que privilegia o conforto e a estética para atingir o máximo de bem-estar, Graciela Piñeroreuniu em seu projeto, conceitos como humanização, tecnologia e funcionalidade. “Eu me entrego às minhas criações e a Cozinha dos Meus Sonhos tem inspiração na mulher que adora cozinhar, mas também nos seus convidados,que usufruem do aconchego do ambiente. Essa dualidade de atingir os diferentes públicos reflete na escolha dos materiais bem equilibrados no projeto”.

Cozinha dos meus sonhos Graciela Pineiro 1

As tonalidades escolhidas compõem uma cartela de cores frias como o cinza, azul além dos tons metalizados, incluindo oprata e o dourado emcomposição com materiais rústicos e finos. O piso recebeu o limestone, uma pedra mais rústica, sem brilho, da Tamboré Mármores em contraste com a madeira, da Zanchet Madeiras.

Cozinha dos meus sonhos Graciela Pineiro 11

Uma ilha central no espaço onde está o cooktop marca a divisão entre produção e a área social e é oelo de interação no ambiente que traz móveis delinhas mais curvas em tons de azul,poltronasArtville, mesa e cadeiras de fibra Armando Cerrello, aparador Celina Dias e revestimentos cerâmicos da Staccato. Além disso, neste espaço, as paredes foram revestidas com papel de da Orleans.

Cozinha dos meus sonhos Graciela Pineiro 7

Na área gourmet, o mobiliário Florense, explora os acabamentos high tech, com peças metalizadas e vidros espelhados. O tampo feito de um material sem porosidade, o Dekton, da Cosentino, é antibacteriano e, para acompanhar a linguagem dos móveis e criar um ambiente mais acolhedor surge na cor Vegha, (uma tonalidade cinza). O requinte tecnológico do espaço é reforçado pelos eletrodomésticos de linha top da Brastemp, nas cores preta e inox, além dos metais Deca.

Cozinha dos meus sonhos Graciela Pineiro 4

A Casa Cor São Paulo 2015é aberta ao público e acontecerá de 26 de maio a 12 de julho, no Jockey Club, em São Paulo. As visitas serão de terça a sábado, das 12h às 21h30 e aos domingos e feriados, das 12h às 20h. Para mais informações e ingressos, acesse: www.casacor.com.br/saopaulo

Graciela Pineiro Perfil 18SOBRE A GRACIELA PIÑERO – É em sua "caixa de imagens" mental, uma memória visual armazenada em mais de 30 anos de carreira, e na potente intuição que a arquiteta Graciela Piñero se baseia para executar seus projetos, que são acima de tudo, ecléticos.Fugindo das modices, seu objetivo é a satisfação e a identificação do cliente, sem esquecer o prazer em trabalhar com a arte.

Formada pela Universidad de La Plata, em seu país natal, a Argentina, Graciela mudou-se definitivamente para o Brasil em 1977 e acabou fincando pé na região de Alphaville, na Grande São Paulo, onde foi ao mesmo tempo testemunha e parte integrante da criação do novo polo residencial e comercial da metrópole paulista.

 

Depois de integrar-se à equipe de Reinaldo Pestana, arquiteto que projetou o bairro de Alphaville junto à construtora Albuquerque Takaoka, Graciela partiu para o trabalho independente em 1986, ainda em parceria, seguindo sozinha em 1991. Desde então, foram 16 participações na Casa Cor, entre outras mostras, e centenas de projetos bem-sucedidos, tanto na área de arquitetura quanto na decoração de interiores.

Informações: www.graciela.arq.br

Publicidade

Newsletters

Cadastre-se e receba  nossas novidades.

Siga-nos

Siga nossas redes sociais

facebook verde twitter verde Instragran verde

Últimas Matérias Publicadas

  • Idealização da Praça Ayrton Senna do Brasil

  • Tendências na arquitetura para lojas de moda

  • CASACOR RS 2017 chega a sua 26ª edição

  • Confira o lindo jardim vertical no interior de São Paulo com GreenWall Ceramic

  • Linha Levve marca presença na Casa Cor SP 2017

  • 1